skip to Main Content
45 Anos De Aliança, Mensagem Mediúnica De Edgard Armond

Caros companheiros!

Com alegria e votos de êxito constante nos unimos a vocês, nesta data em que a Aliança Espírita Evangélica comemora os seus 45 anos de fundação.

O que nos parecia, na época, um evento pequeno, reservado até, não permitia traduzir na sua expressão material a dimensão espiritual que ganharia com o passar do tempo. Muitos dos nossos companheiros, já de volta à Pátria Espiritual e na ativa, enxergam agora de forma mais livre todo o trabalho dos Benfeitores no Espaço, quando assumem compromissos de efetivar no plano material as metas e os meios para se concretizar um grande projeto.

Nunca trabalhamos sós, mesmo que muitas vezes assim nos sintamos devido às limitações que abrigamos, não só pela ignorância das verdades espirituais como pela incapacidade de nos despojarmos de sentimentos menores, que nos impedem de lançar-nos a voos mais altos. Entenda-se aqui, a aproximação e a sintonia com projetos que vêm do Mais Alto, através de esferas hierárquicas que se desdobram para atender e realizar as propostas do Divino Mestre para este orbe planetário.

Mas aqueles que realmente sentem o coração despertado, caminham e avançam, superando as dificuldades que são muitas, mas que vão lhes fornecendo a couraça da fé, o escudo do amor e a bandeira da caridade, empunhada com bravura e humildade.

Muito conseguimos realizar, mas muito há por fazer. Não podemos furtar-nos nesta hora difícil para alertá-los sobre o choro e o ranger de dentes que já vêm surpreendendo a muitos, afastando a outros e amedrontando os mais covardes diante dos testemunhos que os novos tempos exigem e exigirão.

A Aliança precisa expandir-se como a figura da árvore adulta que estende a sua farta ramagem, acolhendo à sua sombra aqueles que estão fatigados pelo caminho e nela precisam encontrar o pouso e o abrigo. Já é tempo, companheiros, de tornar-se adulta, mas ainda estamos devendo parte deste tamanho. E para crescer precisamos de união, de visão e de ação. União porque sem isto não se pode chamar Aliança; de visão porque sem ela não se vislumbra o que precisamos enxergar mais à frente; de ação porque sem trabalho nada se faz.

Não se prendam ao que eu fazia, porque tudo o que fiz foi sempre com ajuda do Mais Alto, pois sem esse respaldo e sem a coragem que a fé me impôs, nada realizaria. Continuo afinado com a mesma proposta, embora trabalhando em tarefas que se desdobram em âmbito maior. Acompanho com atenção, com zelo e com responsabilidade, pois palpita ainda, dentro de mim, o ideal de servir em Aliança. Confesso que, às vezes, preocupado com rumos não previstos e que poderiam ser evitados com mais trabalho e com menos perda de tempo.

Quando tiverem dúvidas, atentem para onde estão chegando as maiores dores e reconhecerão para onde deve se expandir a Aliança. Não deixemos de fazer o que nos cabe e não entreguemos aos Espíritos tarefas que são nossas, para que um dia possamos encontrá-los com a consciência tranquila pelo dever cumprido e com a certeza da escolha correta representada pela “boa parte”.

Irmãos, a chaga do egoísmo arde no planeta, disfarçado sob as mais diversas dores que corroem as almas. Cabe a nós, engajados nos propósitos do Divino Amigo, erguermos os braços e acolhê-las em Seu Nome, porque para isto fomos chamados a nos reunir em Aliança. Se falharmos, mais uma vez estaremos sucumbindo às tentações da porta larga, que hoje se escancara pelo mundo a fora, ofuscando nossas vistas para que nos afastemos uma vez mais dos caminhos do Senhor. Não podemos nos deixar arrastar pela sutileza das forças do mal, cada vez mais organizadas. Prossigam com afinco e determinação, não esquecendo que a Causa não tem proprietário, mas sim o Sopro do Amor que emana e envolve todo este planeta tão necessitado.

Para entendermos este Amor, o caminho ainda é longo. Mas, para fazer o seu percurso já nos foi dada esta grande oportunidade de aprender a trilhá-lo com aqueles que se descobriram irmãos no que, naquela noite, chamamos de Aliança Espírita Evangélica.

Muita paz a todos, sob as bênçãos de nosso Divino Mestre.

Edgard
Médium: Flávia Rocha da Silva, Regional SP Centro
4 de Dezembro de 2018

This Post Has 9 Comments
  1. Lindo lembrete de apoio e esperança! Que Jesus nos abençoe nesta grande Fraternidade que revela seu trabalho aqui. Um Natal de Luz e Paz para o mundo Terra que nos recebe e acolhe a cada encarnação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top